Como economizar dinheiro ganhando pouco? 8 Dicas Para Economizar

economizar dinheiro ganhando pouco

Conteúdo da Postagem

Não é novidade a importância de pagar todas as contas em dia e de criar uma reserva de emergência para momentos difíceis. Entretanto, quando o salário é baixo, fazer isso é um grande desafio para qualquer pessoa.

Mas é possível reverter essa situação com a educação financeira, aprendendo como economizar dinheiro ganhando pouco, entre outras coisas. 

O pulo do gato aqui é entender como cada recurso deve ser usado, tornando os gastos e o consumo consciente e de acordo com a sua faixa de renda. 

Com conhecimento e planejamento adequados, é possível pagar todas as contas e ainda poupar uma parte do seu salário para realizar alguns dos seus sonhos e também para programar uma aposentadoria mais tranquila. 

Veja abaixo as 8 dicas que separamos para que você possa começar a economizar e ficar com mais dinheiro no fim do mês.

1. Defina seus objetivos financeiros

Se você não tiver um objetivo a alcançar, algo para conquistar ou comprar, dificilmente terá motivação para economizar. 

Então esse é o primeiro passo para guardar dinheiro. 

Depois que você decidir o seu objetivo é preciso ainda definir uma meta para alcançá-lo. Essa informação é essencial para determinar um plano com valores a serem economizados ao longo dos meses. 

Seu sonho pode ser fazer uma viagem para a Disney com a família. Mas se você quiser realizá-lo daqui a 1 ano precisará guardar um valor mensal bem maior do que se o seu sonho puder ser realizado daqui a 5 anos. 

Transformar seus sonhos em objetivos é o primeiro e mais importante passo para mudar sua vida financeira. 

2. Registre TODOS os seus gastos

Um dos principais erros, que é o maior responsável pelo descontrole financeiro, é não ter um registro dos gastos mensais. 

É comum que a pessoa anote os gastos fixos ou maiores como o aluguel, a conta de luz, a conta de TV por assinatura. Mas se esquece dos pequenos gastos do dia a dia que, quando acumulados, não são tão pequenos assim. 

Faça o teste! Durante uma semana anote todos os seus gastos pequenos, como o cafezinho, o lanche, o pão, a balinha da hora do almoço. Você vai se surpreender.

Esses são os grandes ladrões de orçamento, que fazem suas contas não baterem no final do mês e não sobrar dinheiro para você guardar (por isso você deve se pagar primeiro, lembra!)

3. Enxugue seus gastos e reveja seus hábitos

Se o valor para sua reserva e para alcançar seus objetivos não cabe no seu orçamento, o próximo passo deve ser rever seus gastos e seus hábitos, com o propósito de reduzir ou eliminar aqueles que podem ajudar a economizar. 

Comece dividindo suas despesas em fixas e variáveis e depois separe em categorias como lazer, alimentação, transporte, educação, etc. 

Existem diversos modelos financeiros que podem ser usados. Um dos mais comuns é a regra 50-30-20. 

Nesse modelo o orçamento é dividido da seguinte forma:

  • 50% do valor para pagamento de contas necessárias como moradia, contas de consumo, alimentação e transporte. 
  • 30% do valor é destinado para os gastos com bens de consumo e entretenimento (lazer, viagens, compras não essenciais).
  • 20% do valor deve ser destinado ao pagamento de dívidas, reserva de emergência e investimentos. 

Se você possui dívidas, primeiro deve quitar essas pendências para depois construir sua reserva. Não faz sentido ter uma reserva financeira e continuar devendo na praça. 

Se hoje você não consegue distribuir as despesas dessa forma, é preciso enxugar os gastos, rever hábitos, para gerar essa economia e enquadrar seu orçamento em algum modelo que funcione para você. 

4. Limite o uso do cartão de crédito e do cheque especial

O cartão de crédito pode ser um grande aliado financeiro, entretanto o que normalmente acontece é ele ser o vilão de quem quer economizar. 

O problema é que ele oferece um dinheiro que, não necessariamente, temos naquele momento. Ele permite que a pessoa compre algo agora, realizando um desejo momentâneo e imediato, mas que só pague por ele depois. 

O cheque especial tem o mesmo problema quando é mal utilizado.

Os dois nunca devem ser utilizados como extensão da renda. Quando isso acontece é mais difícil quitar a dívida e são cobrados juros altíssimos, comprometendo ainda mais a renda do próximo mês. 

Ao invés de economizar aquele dinheiro, você acaba dando o valor para o banco. 

5. Aprenda a dizer não

O NÃO é um grande aliado das finanças. As compras por impulso são um grande problema e muitas vezes o motivo do descontrole financeiro. 

Por isso, antes de fazer qualquer compra, pense se você realmente quer e se pode comprar. Existem algumas técnicas que ajudam a decidir se a compra vale a pena ou não. 

Uma delas, utilizada para compras de valores maiores, é a regra dos 30 dias. Ela consiste em esperar 30 dias para decidir sobre a compra. Muitas vezes depois desse tempo a pessoa percebe que o desejo passou e aquilo não era necessário.

Outra regra, usada para comprar menores, é a dos 10 segundos. A lógica é a mesma. Sempre que você pegar algo que não havia programado comprar, pergunte-se por que está comprando aquele item, e você tem 10 segundos para responder. 

Se não conseguir dentro do prazo, deixe-o onde estava.

Fazer listas ajuda muito a manter as compras sob controle. Planeje suas compras e siga o que foi planejado. 

6. Aproveite os descontos

Algumas épocas do ano são conhecidas pelos descontos maiores em determinados bens de consumo, como é o caso da Black Friday, das mudanças de estações no caso de vestuário, e do início do ano para móveis e utensílios de decoração. 

Essas são excelentes oportunidades para comprar aqueles bens que você tanto quer, mas de maneira planejada, e com o preço mais baixo do que no resto do ano. Dessa forma é possível comprar sem culpa. 

E sempre que for possível, compre itens usados. Muitas vezes eles são bons e funcionam perfeitamente, e você consegue pagar bem menos por eles do que pagaria se comprasse novo na loja. 

7. Conscientize a família

É fundamental trazer essa consciência financeira para a família para evitar que as metas estipuladas sejam quebradas. 

Mostre os benefícios de seguir com o planejamento e tudo o que está sendo feito para cumpri-lo. Assim, todos os participantes se sentirão motivados a contribuir. 

8. Aumente sua renda

Se, mesmo depois de fazer tudo isso, você ainda não conseguiu incluir o valor da reserva financeira no seu orçamento, é a ahora de pensar em aumentar sua renda mensal. 

Você pode pedir um aumento, pode trocar de emprego ou pode encontrar formas de fazer uma renda extra, além do trabalho habitual. 

Hoje existem várias opções para fazer uma renda extra, seja vendendo alguma coisa na sua cidade ou até mesmo prestando serviços ou abrindo um negócio online. 

E lembre-se de não aumentar os seus gastos e o seu padrão de vida na mesma proporção da renda, se não, vai continuar sem conseguir economizar dinheiro. 

Se o seu objetivo aqui é saber como economizar dinheiro mesmo ganhando pouco, saiba que o ponto principal é gastar menos do que você ganha todos os meses. 

Somente assim você conseguirá separar um valor mensal consistente para iniciar uma reserva e realizar os seus objetivos financeiros.

O que você deve saber para começar a economizar dinheiro?

Não basta seguir as dicas acima se você não tiver boas razões para começar a economizar dinheiro cedo na sua vida, por isso, separamos uma lista de razões e de coisas que você deve saber para começar a economizar.

O que é Educação Financeira?

Muitas pessoas acreditam que educação financeira é aquela adquirida em uma faculdade de finanças ou economia. E que para isso é preciso muito estudo, participação em palestras, workshops, cursos, etc.

Embora todo esse conhecimento seja muito válido, quando falamos de educação financeira do dia a dia, nos referimos a formas de organizar e planejar as finanças, saber quanto a pessoa ganha e gasta dentro de uma período determinado e ainda pensar no futuro. 

Em outras palavras, educação financeira é a habilidade de compreender de verdade como o dinheiro funciona, e como fazer ele ser seu aliado. 

Nesse mundo de inteligência financeira, saber como economizar dinheiro é mais importante do que ganhar mais. 

Com certeza você já ouviu histórias, ou mesmo conhece alguém, que recebe um excelente salário, mas que está sempre sem dinheiro ou pegando empréstimos para fazer o que precisa. 

Isso acontece porque, apesar de receber um salário alto, a pessoa gasta mais do que ganha todos os meses. O resultado é viver sempre em apuros financeiros e com recursos limitados.

Por outro lado, você também deve conhecer pessoas que têm salários baixos, empregos simples, mas que conseguem comprar um carro, uma casa e fazer pequenas viagens ou compras quando realmente desejam.

Aqueles que conseguem construir seus patrimônios aos poucos têm mais chances de se tornarem bem sucedidas, de terem segurança financeira e de alcançarem uma aposentadoria estável e confortável.

Essas pessoas sabem como economizar dinheiro mesmo ganhando pouco, e assim sempre têm recursos para fazer o que desejam. 

Por que é importante guardar dinheiro? 

Em geral, as pessoas que guardam dinheiro têm dois objetivos: a independência financeira e melhorar sua qualidade de vida. Mas a verdade é que o segundo objetivo está diretamente ligado ao primeiro. 

Para alcançar a independência financeira é fundamental saber como economizar dinheiro mesmo ganhando pouco e também aprender a investir, para multiplicar esse valor guardado e também garantir que o dinheiro economizado não perca poder de compra com as variações da inflação. 

Economizar dinheiro também permite a você ter muito mais segurança em situações de emergência, já que o valor guardado pode socorrer sua necessidade. 

Saber como economizar dinheiro ganhando pouco também permite que você consiga planejar a realização de seus objetivos financeiros, como a compra de um imóvel, de um carro ou fazer aquela viagem pelo mundo, de maneira ordenada. 

Quanto dinheiro devo guardar por mês?

É importante que você consiga guardar uma parte do seu salário todos os meses. Como cada pessoa tem um salário diferente, o melhor a fazer é trabalhar com percentuais. 

Para começar, o ideal é economizar 10% da renda mensal líquida, ou seja, depois que já foram descontadas todas as tarifas, taxas e impostos. Dependendo do seu objetivo financeiro e do prazo para alcançá-lo pode ser necessário aumentar esse percentual. 

Sua condição também influencia. Uma pessoa que ainda mora com os pais e não tem filhos consegue economizar muito mais do que alguém que já tem uma família para sustentar. 

Mas, é claro, que para conseguir isso você precisa estar com as contas em ordem e saber exatamente como está o seu orçamento. 

Depois que o valor a ser guardado for estabelecido é importante separá-lo logo que o salário entre na conta. Muitas pessoas primeiro pagam as contas e gastam com o que desejam para guardar o que sobrar no final do mês, mas essa prática é errada. 

Dessa forma as chances de não sobrar nada para guardar são enormes. Portanto, se você já fez suas contas e decidiu que vai guardar 10% do salário, assim que ele cair na conta transfira o valor correspondente para uma poupança ou outra conta. 

Assim, ele não vai se misturar com os 90% que serão usados para pagar seus compromissos mensais e você vai respeitar uma regra de educação financeira que é: pague-se primeiro. 

Fiz as contas e não posso guardar parte do meu salário, o que fazer? 

Como já foi dito, o primeiro passo para você saber como economizar dinheiro ganhando pouco é conhecer seu orçamento. 

É fundamental fazer um levantamento de todos os gastos e recebimentos mensais e verificar se as contas cabem no salário. 

Quando o descontrole financeiro é muito grande é comum que as pessoas nem saibam que gastam mais do que recebem e que acumulam dívidas mês a mês. 

Se esse é o seu caso, é a hora de encarar de frente o problema e encontrar formas de economizar, para criar espaço no orçamento para guardar dinheiro. 

Mas é claro, isso não pode ser feito de maneira a comprometer a sua qualidade de vida.

Considerações Finais

Disciplina é o primeiro passo quando se trata de economizar dinheiro seja ganhando muito ou pouco. Não adianta seguir as dicas apenas uma vez ou outra, você precisa segui-las de maneira consistente para que possa ter sucesso em suas economias.

Comece aos poucos, e depois aumente o quanto você economiza mês a mês, até chegar a um ponto em que você economize o suficiente pra poder começar a investir e gerar uma renda passiva.

Deixe o seu comentário

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Cadastre-se no Nômade Virtual para receber e-books e novidades gratuitamente

Anúncios