Trabalhar no Canadá sendo brasileiro: Confira como!

Trabalhar no Canadá, como?

Conteúdo da Postagem

Trabalhar no Canadá é o sonho de muitos brasileiros que desejam mudar o rumo de suas vidas, sendo este um país de primeiro mundo, com uma segurança e qualidade de vida excepcionais. Não à toa, o Canadá é atualmente um dos países que mais concedem vistos de trabalho a imigrantes, contando com várias oportunidades de emprego para indivíduos qualificados. Para conseguir um visto, é possível seguir diferentes processos, que diferem conforme o perfil dos candidatos. Neste artigo abordaremos quais são esses processos e quais são as etapas que você deve seguir para trabalhar no Canadá – portanto, se você tem interesse no assunto, continue lendo este artigo!

Veja Também:

Trabalhar no Canadá é possível
O Canadá é um dos países mais receptivos a imigrantes qualificados

Opção 1 – Conseguir um visto de trabalho

Uma das maneiras de trabalhar no Canadá é conseguindo um visto de trabalho. Ele é concedido quando uma empresa canadense oferece uma vaga de emprego diretamente ao estrangeiro interessado. Mas, para isso, ela precisa comprovar ao governo que nenhum outro cidadão nativo é capacitado para realizar o trabalho em questão. Ademais, a própria empresa precisa estar disposta a enfrentar todo um processo burocrático para efetivar a contratação.

Para concorrer a um cargo, você deve se inscrever em sites de busca de emprego do Canadá – sendo o principal deles o Job Bank, do próprio governo canadense. O visto é concedido através de um programa chamado Labour Market Impact Assessment (LMIA) e tem um custo de CAD$ 155 – aproximadamente R$ 490.

O documento tem duração temporária, tendo validade apenas enquanto durar o contrato com o empregador.

Opção 2 – Estudar e trabalhar no Canadá

Outra maneira de trabalhar no Canadá é obter uma permissão denominada Post-Graduation Work Permit (PGWPP). Ele é destinado a estudantes estrangeiros que estudaram em uma instituição do país e desejam adquirir experiência no mercado de trabalho canadense.

A PGWPP permite uma jornada de 20 horas semanais de trabalho na própria instituição de ensino ou fora dela (exceto no caso de cursos de idioma). Nas férias, é possível trabalhar até 40 horas.

Estudantes podem trabalhar no Canadá
Estudantes também podem aplicar para um visto de trabalho

Para se candidatar ao programa, é necessário cumprir alguns requisitos (disponíveis em sua totalidade aqui), sendo alguns dos quais:

  • Ter 18 anos ou mais;
  • Ter um visto de estudante válido;
  • Ter conquistado um diploma em um curso acadêmico do Canadá com duração de no mínimo 8 meses.

Além de tudo, você deve levar em consideração que o simples fato de entrar em uma instituição de ensino canadense não é tão simples. É preciso ter diplomas e cartas de recomendação de professores traduzidos, além de passar por várias provas. Isso inclui as provas de proficiência em inglês, tais como IELTS ou TOEFL.

A validade do PGWPP varia de acordo com a duração do curso realizado, sendo que o período máximo é de três anos. Apesar disso, para quem tem interesse, a permissão para trabalhar no Canadá facilita o processo de obtenção de residência permanente no país. Para tal, é preciso aplicar para um processo denominado Express Entry.

Opção 3 – Entrar com um pedido de residência permanente

A terceira e última opção para conseguir trabalhar no Canadá é aplicando para o Express Entry, um processo de imigração que concede vistos de residência permanente no país. Nesse processo, o próprio governo escolhe candidatos que considera qualificados para residir no Canadá.

Para se candidatar, você precisa criar um perfil no site do Ministério da Imigração, preenchendo um formulário com suas informações, habilidades, experiência profissional, entre outros. Antes de enviar o formulário, você já deve ter cumprido os seguintes passos:

  • Comprovado sua proficiência em inglês ou francês por meio de um teste oficial;
  • Ter validado seus diplomas em uma instituição canadense dedicada a tal fim;
  • Saber qual é a sua categoria profissional, baseada em sua experiência (é possível descobrir aqui).
Profissionais qualificados podem ser chamados para trabalhar no Canadá permanentemente

Após o envio, você receberá uma pontuação conforme o seu perfil e terá seu nome colocado em um banco de dados. Então, por um período de até um ano fica apto a receber um convite de residência permanente – se isso não ocorrer, você pode reiniciar o processo, enviando novamente o formulário com suas informações. É importante saber que apenas candidatos com altas pontuações recebem o visto de residência permanente para trabalhar no Canadá.

Trabalhar no Canadá em “entry-level jobs”

Muitos brasileiros, ao buscarem um trabalho em outro país, muitas vezes não conseguem alcançar uma posição equivalente àquela exercida no Brasil. É por isso que recorrem a subempregos, chamados popularmente de entry-level jobs. No Canadá, eles são ideais para se inserir rapidamente no mercado de trabalho e praticar o idioma nativo (inglês ou francês).

As vagas mais comuns geralmente são de serviços operacionais, como atendimento ao cliente, garçom, caixa de supermercado, faxineiro, entre outras. O salário para essas posições costuma ser um salário mínimo, o qual varia conforme a província canadense.

Entry-level jobs são boas opções para quem deseja se inserir no mercado de trabalho e praticar o idioma

Quanto é o salário mínimo canadense?

O salário para trabalhar no Canadá é pago em dólares canadenses (CAD $) e, ao contrário do Brasil, em que é o mesmo em todo o país, ele varia conforme a província canadense. Além do mais, não é pago mensalmente, mas sim por hora trabalhada.

Para calcular qual seria seu salário em um entry-level job, confira a imagem a seguir contendo o salário mínimo por hora trabalhada em cada província do Canadá (na vigência de maio de 2019):

Salário mínimo varia conforme a provínciaconfira dados atualizados aqui

É possível notar que a província com o menor salário é Saskatchewan, com $ 11,06/hora, e a com o maior salário é a província de Alberta, com $ 15,00/hora – uma diferença de $ 3,94, o que totalizaria incríveis $ 315,2 por mês em uma jornada de trabalho de 20 horas semanais. Por isso, leve esse fator em consideração ao escolher seu local de trabalho!

Gostou do artigo? Tem interesse em trabalhar no Canadá em um futuro próximo? Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários!

Gostou do artigo? Deixe o seu comentário ou dúvida abaixo

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Cadastre-se no Nômade Virtual para receber e-books e novidades gratuitamente

Anúncios